Sem limites

18/12/2017

Geral


Mackenzie abre vagas de emprego para pessoas com deficiência 

Roseli Behaker Garcia

Roseli Behaker Garcia começou a trabalhar no Mackenzie em abril de 1995, logo após concluir o curso de Letras com ênfase em tradução na Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM). O primeiro trabalho foi com atendimento aos alunos na área de vestibular. Após uma passagem pela Secretaria Geral, atua na área de Gestão de Pessoas desde 2001.

Com os estudos não foi diferente e Roseli não parou: fez especialização em Linguagens da arte na USP e mestrado em Educação, Arte e História da Cultura, também no Mackenzie. Hoje, ela é Analista de Recursos Humanos no Instituto Presbiteriano Mackenzie, trabalhando com Integração de benefícios dos colaboradores que ingressam na instituição.

O que não contamos sobre Roseli é que ela é deficiente visual. Um acidente na incubadora fez com que perdesse a visão ainda bebê, mas nos quase 23 anos de Mackenzie essa questão é apenas um detalhe. Seu trabalho sempre foi realizado com esmero, utilizando o computador com sintetizador de voz, adaptado para pessoas com deficiência visual, ela foi longe.

No Mackenzie ela encontrou o suporte que precisou para que isso acontecesse. “Eu gosto bastante de trabalhar aqui. A gente sabe que existem algumas barreiras e que essas barreiras não acabam. Mesmo diante delas eu consegui conquistar meu espaço profissional”, pontuou.

O Instituto Presbiteriano Mackenzie tem como premissa trabalhar com a inclusão de profissionais com deficiência e está em busca dessas pessoas. É possível trabalhar em diversas áreas: RH, administrativo, financeiro, atendimento, TI, marketing, ensino e muito mais. 

Para participar do processo de seleção basta cadastrar o currículo em http://portal.mackenzie.br/trabalhe-conosco/