Paulo Mendes da Rocha abre as comemorações da FAU Mack

16/03/2017

Reitoria Chancelaria Alunos Geral


Arquiteto, formado pelo Mackenzie em 1954, é reconhecido mundialmente pela qualidade de suas obras

As comemorações do centenário do curso de Arquitetura e os 70 anos da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie (FAU Mack) tiveram início no dia 15 de março, com a participação do mackenzista Paulo Mendes da Rocha.

O evento, que aconteceu no auditório Ruy Barbosa do campus Higienópolis, contou com a participação de autoridades do Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM), da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), professores, alunos e convidados.

Na abertura, o Coral Jovem Cênico, regido pela maestrina Claudia Mussi, se apresentou, seguido pelo momento de reflexão feito pelo chanceler da UPM, reverendo Davi Charles Gomes.

Em seguida, as saudações feitas pela diretora da FAU Mack, Angelica Benatti Alvim e do reitor da UPM, Benedito Guimarães Aguiar Neto, precederam o momento aguardado por todos os presentes: o bate-papo do arquiteto com os presentes, respondendo a questões como carreira, mercado de trabalho, capacitação etc. Participaram desse bate-papo, além da diretora, os professores Sami Bussab e Maria Isabel Villac, e a aluna Victoria Braga, representando o corpo discente da faculdade.

No fechamento do evento, os alunos ganhadores do “Concurso interno de ideias para criação do selo comemorativo dos 70 anos da FAU Mackenzie e 100 anos do curso de Arquitetura” foram premiados com livros e tablets. Este selo será utilizado, ao longo do ano, em todos os eventos e comemorações da FAU Mack.

Receberam menção honrosa os alunos Jennifer Liu, Rennan Freitas e Silva Martins de Britto, Erika Harumi Sato, Natália Nanni, Mariana Alves e Rebeca Pak, todos do curso de Arquitetura e Urbanismo. Os ganhadores do concurso foram Alessandro Tsuyoshi Santiago, Felipe Barreto Regis e Giulia Fagundes Conceição, do curso de Design.

 

Sobre o homenageado

Expoente na arquitetura brasileira e mundial, Paulo Rocha se formou pelo Mackenzie em 1954, e construiu uma carreira de sucesso que lhe valeu inúmeras homenagens e premiações. Destacamos o prêmio Pritzker Architectural Prize, em 2006, pelo conjunto da obra; o Leão de Ouro em Veneza e o Praemium Imperial do Japão, em 2016; e o Prêmio Royal Gold Medal (RIBA), em Londres, em 2017. No Mackenzie, Paulo Mendes da Rocha foi homenageado com o título de Doutor Honoris Causa, em 2007.