Mackenzie recebe primeiro encontro de Segurança Alimentar

05/04/2018

Geral


Evento é proposto pelo Comitê Gestor do Centro Mackenzie de Liberdade Econômica

Em uma visita à Boa Vista, capital de Roraima, e cidades do interior da Venezuela, o Comitê Gestor do Centro Mackenzie de Liberdade Econômica (CMLE) observou que na região, em especial na Venezuela, há uma crise humanitária, consequência da diminuição na produção de alimentos nos últimos anos, gerando uma preocupação com o setor de produção agrícola e pecuária.

Segundo dados disponibilizados pela Prefeitura de Boa Vista, a cidade já recebeu cerca de 40 mil venezuelanos. O país vizinho faz parte da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e sua economia é dependente do produto, a crise desencadeada tem ligação à queda significativa desta produção.  De acordo com os pesquisadores do CMLE, outro ponto fundamental para a crise são as decisões do governo venezuelano por uma estratégia socioeconômica destinada a controlar todas as áreas da sociedade, o que levou a uma severa restrição das liberdades econômicas.

A partir desse cenário, surgiu a ideia de realizar o "I Encontro de Segurança Alimentar da América do Sul: fortalecer o relacionamento privado para garantir segurança alimentar", que tem como objetivo contribuir com o debate sobre o papel do mercado e as características e consequências dos diferentes tipos de intervenção e regulação.

No evento, que acontece no dia 16 de abril, serão discutidos assuntos como intervenções do Estado, Liberdade Econômica, Segurança Alimentar e Crise Humanitária. Vladimir Maciel, coordenador da CMLE, explica que durante o evento será abordado o caso brasileiro e a perspectiva das entidades representativas do agronegócio sobre seu desempenho e suas percepções sobre a crise de segurança alimentar na Venezuela. “Será a primeira vez que no Brasil  teremos representantes da produção agropecuária da Venezuela com liberdade para narrar o que tem acontecido ao setor decorrente das intervenções governamentais”, explica.

Para ele realizar esse encontro no Mackenzie é um desafio. “Significa tratar de política pública em perspectiva internacional. É um sinal que estamos nos consolidando no cenário acadêmico e intelectual do país e da América Latina”, finaliza.

Data: 16 de abril

Local: Auditório da Escola Americana 

Programação:

8:00 - 8:30: Café de boas vindas

8:30: Abertura e devocional

9:00: Apresentação do Sr. Aquilles Hopkins González (presidente
Confederação Nacional de Produtores Agropecuários da Venezuela)

10:00: Apresentação do Sr. Carlos Odoardo Albornoz C.
(presidente da Federação Nacional de Pecuaristas da Venezuela)

11:00 - 11:30: Intervalo

12:00: Comentários do Sr. João Martins da Silva Jr. (presidente
da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária)

12:20: Comentários do Sr. Marcelo Weyland Barbosa Vieira
(presidente da Sociedade Rural Brasileira)

12:40: Comentários do Sr. Antônio Mello Alvarenga (presidente da
Sociedade Nacional da Agricultura)

13:00: Comentários do Sr. Márcio Lopes de Freitas (presidente da
Organização das Cooperativas Brasileiras)

13:20: Encaminhamento das propostas de ações de apoio à segurança
alimentar sul-americana

13:30: Encerramento