Mackenzie é campeão da 46ª Mac-Nav

14/05/2018

Geral


Os mackenzistas foram até o Rio de janeiro para participar dessa tradicional competição

No dia 11 de outubro de 1946, os navios Bertioga III e Baependi atracaram no cais do Porto de Santos para levar a delegação de alunos do Mackenzie College ao Rio de Janeiro onde, pela primeira vez, disputariam com a Escola Naval a Taça Almirante Jaceguai. Nascia assim a tradicional competição MAC-NAV. 

Pensando nessa memória, as alunas do curso de Design Stella Maria Righini Novaes e Thaisa Gonçalves Alamino projetaram um lindo presente, esculpido com esmero pela aluna Raquel Meyer, sob orientação da coordenadora de Arte e Cultura da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), Helen Altimeyer, para entregar durante a  46ª MAC-NAV, que aconteceu neste final de semana no Rio de Janeiro.

O costume de trocar presentes durante o evento foi herdado da Marinha e, desde então, a cada visita as instituições celebram com lembranças que marcam essa amizade e perpetuam a edição da competição. Em 2018, a Escola naval recebeu os Mackenzistas para mais uma competição, que aconteceu entre os dias 11 e 12 de maio. 

Quatro horas de provas marcaram a estreia da esgrima, e as disputas de atletismo, basquete, futebol, judô, natação, polo aquático e vôlei. Contando com participação feminina no atletismo e na natação, fato que só foi possível a partir de 2014, quando as mulheres passaram a integrar a escola da Marinha, o Mackenzie ficou atrás no Atletismo, no Futebol e Judô, sendo mais uma vez campeão da competição.

A cerimônia de abertura contou com presença de autoridades do Mackenzie e da escola Naval, além de alunos e convidados. O comandante da Escola Naval, contra-almirante Marcos Borges Sertã, lembrou da história da competição e dos princípios e valores que norteiam e aproximam ambas a instituições, destacando a importância do fair-play e do relacionamento entre os alunos.

Enquanto os atletas competiam, um grupo de autoridades mackenzistas visitou as instalações da Escola, conhecendo sua história e alguns de seus principais laboratórios, como o planetário. No período da noite, as autoridades das duas instituições se encontraram para um jantar de confraternização. Na manhã do sábado, com o Mackenzie já consagrado campeão, após a disputa da última modalidade, o futebol, os alunos e autoridades se reuniram para a solenidade de encerramento, e a entrega do troféu transitório ao vencedor.

O reitor, Benedito Guimarães Aguiar Neto, encerrou a solenidade comemorando mais uma vitória e reiterando a importância do relacionamento entre as escolas. “Creio que esse relacionamento que tem reinado na MAC-NAV é o mais importante. Foi muito gratificante observar a grande satisfação da direção da Escola Naval ao receber a réplica do navio de 1946, e ainda mais pelo fato de ter sido confeccionada pelos nossos alunos do curso de Design da FAU". Segundo ele, a MAC-NAV é uma forma significativa de expressão do que chamamos de "espírito mackenzista". “É muito importante observar o empenho, a dedicação e o compromisso de alunos, professores e administrativos que participam, seja como atletas ou na sua organização".

Desde 2017 a MAC-NAV acontece sob a responsabilidade da Pró-reitoria de  Extensão e Educação Continuada. 

Resultados: 
Atletismo - Escola Naval
Basquete - Mackenzie
Esgrima - Mackenzie
Futebol - Mackenzie 1 X 1 Escola Naval - vitória da Escola Naval nas penalidades
Judô – Escola Naval
Natação - Mackenzie
Pólo Aquático - Mackenzie
Vôlei - Mackenzie 

Sobre a Mac-Nav

A ideia de uma competição esportiva entre Escola Naval e Mackenzie surgiu após conversa entre o engenheiro mackenzista Caio Pereira de Souza e o Almirante Braz Velloso, então diretor da Escola Naval. A proposta foi levada ao conhecimento do presidente do Mackenzie em exercício na época, Dr. Benjamin Harris Hunnicutt, com o intuito de convidar as turmas de atletismo e natação para uma visita à Escola Naval. Sabendo da proposta, o professor Naim Cury de Mello, diretor do departamento de Educação Física do Mackenzie, entrou em contato com a Escola Naval e esboçou o primeiro regulamento oficial da competição, batizada por ele de Mac-Nav. Deste então, ficou acordada entre as diretorias a continuidade do intercâmbio esportivo, com previsão de periodicidade anual, alternando-se o local das competições entre Rio de Janeiro e São Paulo.