Exposição no Centro Cultural São Paulo marca 100 anos do curso de arquitetura

17/08/2017

Geral


Oficinas de desenho serão ministradas aos visitantes durante a mostra

Como parte das comemorações dos 100 anos da criação do curso de Arquitetura e dos 70 anos da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) do Mackenzie, na noite do dia 16 de agosto, foi inaugurada a exposição Escola Viva, no Centro Cultural São Paulo.

A mostra comemora a atualidade da FAU-Mackenzie, apresentando à sociedade as atividades do cotidiano da escola, as pesquisas e as ações de extensão ali realizadas, além de trabalhos finais dos alunos e as possibilidades que os jovens profissionais, antigos alunos, estão construindo para a profissão.

Durante a abertura alunos, professores e convidados participaram de uma solenidade no saguão do prédio projetado pelo mackenzista e antigo professor Luiz Telles. Emocionada, a diretora do curso, professora Angélica Benatti Alvim, agradeceu a participação dos envolvidos na elaboração da exposição e lembrou da busca por apontar as transformações que conformam o presente e delineiam o futuro da FAU-Mack. “Essa exposição indica que as áreas de arquitetura, urbanismo e design possuem papeis centrais na sociedade contemporânea. Na formação desses profissionais, acreditamos que ensino, pesquisa e extensão são indissociáveis e fazem parte dessa escola viva que representa a FAU Mackenzie”, comentou. Ela ainda lembrou das oficinas de desenho que serão oferecidas à comunidade enquanto a exposição estiver aberta. “Nosso principal instrumento na formação dos alunos será ofertado aos jovens que frequentam o centro cultural. Trata-se de despertar nesse público o gosto pela arte, pelo desenho, pela representação, matéria tão cara ao nosso cotidiano e formação”, finalizou a diretora, que em sua fala ainda homenageou o professor Luiz Telles, falecido em 2014. “Ele nos ensinou que a escola que temos é viva dentro de todos e parte de uma construção coletiva”.

O reitor, doutor Benedito Guimarães Aguiar Neto,parabenizou a todos pelo trabalho e lembrou que a faculdade não forma apenas arquitetos “São mestres e doutores que fazem diferença na nossa Universidade, pela inserção, pela qualidade e pela percepção externa de que nós estamos contribuindo para a formação de profissionais de alta qualidade do nosso país”, destacou

 

Serviço:

Exposição Escola Viva

Local: Centro Cultural São Paulo, Piso Flávio de Carvalho / lateral 23 de maio nos dias 16 a 31 de agosto.

Quanto: grátis

Inscrições: não é necessário.

 

Oficinas de Desenho são parte da Exposição ESCOLA VIVA apresentando algumas técnicas de desenho, como instrumento do arquiteto e urbanista.

17/08 das 15h às 17h

22/08 das 12h às 14h

24/08 das 15h às 17h

29/08 das 12h às 14h

25 vagas (por oficina)