Campeonato Mackenzie FIFAMANIA 2018

15/05/2018

Geral


Mackenzie é a primeira universidade brasileira a ter campeonato oficial da FIFAMANIA 

Paula Ivoglo e MuuhPro durante o bate-bola.

Wendell Lira (esquerda) e MuuhPro (direita).

Da esquerda para a direita: Wendell Lira, MuuhPro e Paula Ivoglo.

“Se fosse eu, colocava 3-5-2”, aconselhou o ex-jogador de futebol Wendell Lira durante a final do Campeonato Mackenzie FIFAMANIA 2018. Na linguagem de quem joga, trata-se do esquema tático: três zagueiros, cinco meios-campos e dois volantes.

Lira e o youtuber MuuhPro apresentaram o evento, considerado o primeiro campeonato oficial da FIFAMANIA em uma universidade brasileira, que aconteceu no sábado do dia 12 de maio no Auditório da Escola Americana, campus Higienópolis. Dentro de todas as unidades do Mackenzie, 32 alunos foram para a final presencial.

Wendell Lira confessou que o evento é uma junção de tudo o que ele gosta: “Videogame, conversar e estar com pessoas que gostam do que eu gosto. Para mim, eu estou em casa”. Ele conta que, quando teve a oportunidade de vir ao Mackenzie, topou na hora. “Porque eu gosto de conversar”, disse. “E tem o fato de eu ter muitas curiosidades, como largar o futebol para jogar videogame, então gera esse bate-papo que flui naturalmente”.

MuuhPro elogiou a estrutura do evento e contou estar animado.  “Eu espero que tenha muito mais”, confessou. “Isso mostra que o cenário de FIFAMANIA está crescendo e isso é um começo”. Para ele, o apoio do Mackenzie é fundamental: “Uma potência como essa Instituição investindo nisso mostra para as outras universidades que se o Mackenzie está fazendo, eles podem também”.

Antes das quartas de final foi realizado um bate-bola com Wendell Lira, Muuhpro e a participação da Paula Ivoglo, comentarista da ESPN. Entre os assuntos comentados, Lira contou sobre ter desistido da carreira no futebol para o eSports (competições com jogos eletrônicos), Paula comentou sobre o aumento de mulheres no jornalismo esportivo e todos discutiram a importância de competições como a do Mackenzie ganharem espaço nas universidades.

Paula Ivoglo é mackenzista e foi a primeira comentarista mulher da National Football League (NFL) no Brasil. Mas, apesar de hoje ser jornalista esportiva, na verdade ela é formada em Sistemas de Informação. “Eu me formei em 2006 aqui. É muito legal voltar às origens”, disse. Paula acredita que é importante o Mackenzie abrir espaço para os chamados eSports. “É uma universidade muito forte na parte esportiva, nas atléticas, então é legal ver que na parte online os e-games estão tomando espaço”.

Ao longo da competição, os jogadores que eram eliminados se juntavam à torcida de quem continuava no jogo. Todos assistiam atentamente ao telão do auditório, com direito a vuvuzelas e gritos de guerra. Tudo sendo comentado por MuuhPro e Wendell Lira. Por fim, os finalistas foram o Lucas Haraoui, estudante de Comércio Exterior e Fernando Moredo, o ganhador que levou o ouro, e é estudante de Ciências da Computação.

“Eu estava confiante, porque treinei bastante”, contou Fernando. “Mandei bem na primeira partida e eu vi que dava para ganhar. Então comecei a administrar o jogo e sai com a vitória”. Sobre a oportunidade de participar de um campeonato FIFAMANIA na própria universidade ele disse que na hora que abriram as inscrições ele se inscreveu. “Eu sempre joguei FIFA e quis muito jogar num campeonato assim”.

E, dando continuidade às ações em games, o Mackenzie está confirmado na maior feira de games da América Latina, a Brasil Game Show 2018. Em breve mais informações!