2009 - Paula Henn - Direito

-

Meu nome é Paula Lacerda Henn, estaria indo para o sétimo semestre do curso de Direito quando tive a oportunidade de vir para a cidade dos estudantes.

-
Bom, se você abriu o meu depoimento para ler meu depoimento é porque está em dúvida quanto as vantagens de que um intercâmbio para Portugal poderá lhe favorecer. Vim para ficar 6 meses e tive a oportunidade de prorrogar minha estadia aqui, por tanto, estou a quase a 10 meses aqui já, e posso dizer que conheço bem a vida de intercambista. Assim, vou tentar detalhar ao máximo essa minha experiência para vocês.

-
A Dúvida. Quando fiquei sabendo da possibilidade de intercâmbio pelo Mackenzie, a primeira coisa que me veio na cabeça, é se valia a pena trancar a faculdade, perder a turma, ir para algum lugar desconhecido com pessoas desconhecida, surgiram inúmeras inseguranças, medos…mas resolvi enfrentar tudo isso, tanta gente faz, por que eu não conseguiria, certo?

-
A Escolha. Por que Coimbra? Coimbra é uma cidade pequena, no coração de Portugal, e sua rotina gira totalmente em torno da Universidade que é a mais antiga de Portugal. E até hoje conserva sua tradição e seu lugar como “lucerna iuris” lusitano. A facilidade da língua (que depois percebi que não é tão mais fácil assim) também foi outro ponto que me ajudou na escolha.

-
A Correria. Se você depois desses passos ainda não desistiu, vai pensar em desistir agora. Depois de clareada a dúvida, depois da escolha do destino vem a parte da burocracia para o visto. Geralmente o visto sai em um mês, ou pouco mais, mas nunca deixe pra última hora. Tive problema com a minha carta de aceitação que demorou para chegar. Dei entrada com a documentação no consulado português com a do email, mas só pude retirar o visto com a original. Outra dica é pedir alojamento universitário para pelo menos 15 dias, assim não é necessário comprovativo de residência na duração do intercâmbio. Parece que nada vai andar, nada vai dar certo, mas calma! Depois de muitas idas e vindas do consulado e vários papéis, você também vai conseguir…

-
A Chegada. Coimbra como é uma cidade pequena não tem aeroporto grande. Tendo, portanto, duas opções, ou chegar no Porto ou em Lisboa. Cheguei por Lisboa e de lá para Coimbra você poderá pegar um táxi e ir até a estação oriente e pegar um comboio(trem) de aproximadamente 15 euros, ou um autocarro (ônibus) na paragem sete-rios que é perto da rodoviária, que sai aproximadamente 13 euros. Eu preferi pegar o autocarro, assim, da frente do 
aeroporto, mesmo com várias malas, peguei outro autocarro chamado aero-shuttle, que custava uns 3 euros e desci nessa paragem e fui a pé até a rodoviária. O autocarro daqui é muito tranquilo, vem direto, não tem cheiro de ônibus, fui dormindo a viagem inteira e a estrada também é bem boa. Já em Coimbra peguei um táxi até a residência universitária que reservei.

-
A Residência Universitária. Estou na residência do Teodoro, que fica uns 20 minutos andando da faculdade de Direito. Tem quatro andares, e cada andar tem sua cozinha equipada, os 3 primeiros andares têm em torno de 10 quartos e a cave onde eu fico que é abaixo do nível da rua que tem 6 quartos. Os quartos são para duas pessoas e a cada dois quartos tem um banheiro. Em cada quarto cada pessoa tem uma parte do armário, um criado mudo, estante e uma escrivaninha. Tem uma mulher que toma conta e que faz as limpezas gerais, ficando a nosso encargo a limpeza do quarto, banheiro e cozinha. E tem troca de roupa de cama e de banho toda semana. Tem também uma área de serviço comum com máquina de lavar, de secar, varal e tanque. Inicialmente pode reservar a residência por no máximo um mês, mas chegando aqui e indo nos serviços sociais, há a possibilidade de estender a estadia, eu permaneci na residência por todo meu intercâmbio. A vantagem de ficar na residência é não ter que se preocupar com roupa de cama, travesseiro, cobertor, papel higiénico e produtos de limpeza para os cômodos…e o preço é claro, na residência em que estou paga-se 100 euros. Outra opção de moradia é alugar um quarto em um apartamento, se preferir mais privacidade, mas sai bem mais caro, porque muitas vezes fora o aluguel eles ainda cobram, pela luz, gás e net. Mas de qualquer forma, tente morar perto do campus I da Universidade, por que tem tudo o que precisa perto e principalmente porque é onde a vida noturna acontece.

-
O Transporte. Coimbra é cheia de morros e tem uma calçada terrível (conselho para as meninas, não tragam salto é realmente INÚTIL), mas depois de um tempo você se acostuma e tudo o que você precisa restringe-se a uma pequena parte da pequena Coimbra. Mas para quem preferir há um passe de autocarro que custa 23 euros que é ilimitado, fora isso há os passes de 6 euros com 11 viagens, 2 euros com 3 viagens, vale a pena comprar esses passes nos quiosques do SMTUC, porque saem mais baratos, a viagem comprando diretamente sai por 1,50. Os autocarros começam a circular em torno das 7 da manha e terminam umas 23 horas, dependendo da linha.

-
A Alimentação. Existem várias cantinas universitárias espalhadas pela universidade, as cantinas “normais” vendem refeições por 2,15 euros e contém, pão, sopa, arroz/macarrão/batata com carne de porco/pescada/atum, uma água ou sumo e sobremesa que pode ser arroz doce/fruta. Fora essas cantinas, existe a cantina vegetariana e as dos grelhados que você escolhe entre algumas opções o que você quer, pagando pelos “ingredientes” separadamente seu prato pode sair até mais barato que nas “normais”. Mas comprando em supermercado o custo com a alimentação fica muito mais barata.

-
A Universidade. Chegando na universidade, você poderá assistir várias aulas e escolher as matérias que realmente quiser fazer, e mudar totalmente as escolhas que fez inicialmente para a seleção do Mackenzie. Fora as matérias da sua faculdade, há a possibilidade de fazer matérias da faculdade de letras como italiano, alemão…sem pagar nada. Mas preste atenção para não escolher os cursos livres e sim as cadeiras lectivas da faculdade. Assim que chegar deverá ir ao DRIIC (relações internacionais) para efetivar sua matrícula, lá eles te direcionarão ao SEF (serviços de estrangeiros e fronteiras). O visto do consulado só vale por três meses, precisando ser renovado aqui, marcando uma entrevista no SEF entregará todos os documentos necessários para a retirada do primeiro visto e pagar mais uma taxa de 30 euros. E só após isso, você conseguirá efetivar a matrícula na Universidade. O curso de Direito é muito bom, aproveite para fazer matérias que não existem no Brasil para aumentar seu conhecimento, os professores são excelentes e muito atenciosos.

-
A Aulas. As aulas aqui começam as 8 da manhã e segue no horário vespertino. Aqui tem o quarto académico, ou seja se a aula está marcada para as 8:00 a aula realmente só irá começar as 8:15. Na faculdade de Direito há a opção de escolher entre fazer a avaliação final com uma prova escrita no final do semestre, com possibilidade de recurso com prova oral. Ou fazer avaliação contínua, com dois testes escritos, um trabalho com apresentação e avaliação oral toda semana e frequência. Escolhi este último, apesar de ser mais difícil e exigir mais, era uma forma de me obrigar a estudar aqui, e ajudou a me integrar com os alunos portugueses e além do mais, termina mais cedo que a avaliação final.

-
Resumindo, o custo de vida em Coimbra é muito baixo. Mas deixando a parte chata de dinheiro e burocracia vamos ao que realmente importa!

-
Coimbra é realmente encantadora. As pessoas adoram saber sobre o Brasil, e sabem muito sobre o Brasil. Os alunos em sala de aula, inicialmente são mais frios e fechados, mas no final se tornam grandes amigos.

-
Tem muita coisa para se conhecer aqui, nada de monumentos gigantescos, mas historicamente é uma cidade fantástica. A quinta das lágrimas, onde Inês foi morta; o Mosteiro de Santa Cruz na praça oito de Maio; a Sé velha; a Sé Nova; o Arco da Almedina; a Universidade; o Rio Mondego; mosteiro de santa clara; o Penedo da Saudade…enfim, a história de centenas de anos fazendo sua história.

-
Após ter passado além da dor e do Bojador, consigo ver o quanto essa experiência de estudar; conhecer pessoas totalmente diferentes; viajar para os lugares dos sonhos; se divertir; estudar, é valiosa e faz o diferencial na vida de uma pessoa.

-
Espero que tenha ajudado um pouco, qualquer dúvida estou à disposição no email ou msn: paula_lacerda@hotmail.com

Beijos

Paula Henn