2006 - Valéria Leme Gonçalvez Panissa - Educação Física

 

Quando cheguei fiquei hospedada em uma pensão em um quarto duplo e gastei 110 euros por mês com água, luz e gás inclusos, durante esse mês procurei outro lugar para ficar, fui ver alguns quartos. Como Coimbra é uma cidade de universitários, você encontra por todos os lados anúncios de quartos para alugar, fui morar com mais duas meninas em um apartamento com quarto duplo, onde gasto por mês em média 150 euros, incluindo o aluguel e os gastos. Para ficar em um apartamento sozinha, fica um pouco mais caro, mas tem a vantagem de não precisar dividir banheiro e cozinha com muitas pessoas, tendo mais comodidade, aqui a maioria dos apartamentos tem sala com tv, e na maioria das pensões e repúblicas temos que utilizar a mesma cozinha e banheiros com os outros estudantes.

 

Coimbra é uma cidade pequena, não se tem muitos problemas com transporte, faço tudo a pé, mas os estudantes tem direito a fazer uma carteirinha de passe onde você paga 17,50 euros por mês e tem passagem livre em qualquer ônibus, podendo utilizar quantas vezes quiser, e  também há um bilhete de passe que qualquer pessoa pode comprar, custa 5,00 euros e dá direito a 11 viagens.

 

Em relação à alimentação, temos aqui a AAC (Associação Acadêmica de Coimbra), é como no Mackenzie, mas aqui a Associação engloba todos os cursos; é um prédio onde existem quatro cantinas com cardápios variados onde os alunos podem comer bem e pagar pouco, por exemplo na “Cantina dos Grelhados”, paga-se 1,35 euro o prato com arroz, frango grelhado, batatas fritas, salada e água; podendo pagar a mais, se quiser uma fruta por exemplo. Tem também uma cantina que cobra 1,80 euro por um pão, uma sopa, uma fruta, água, e o prato de comida que varia de acordo com o dia. Na AAC, existem também alguns serviços para os alunos: organizam viagens e tem também o bar da AAC que fica aberto o dia todo até às três horas da manhã, onde tudo é mais barato, desde um copo de cerveja até um lanche, reunindo todos os estudantes.

 

Porém, sai mais barato cozinhar em casa, tem um supermercado que chama Minipreço, com o preço bem acessível, que ainda oferece um cartão de desconto.

 

Dicas Úteis: Quando for procurar uma morada, verificar a pressão da água, a temperatura, e olhar atentamente as condições do local, pois é muito comum ter umidade nos quartos, e a água não funcionar direito, principalmente em apartamentos nos últimos andares, que a água chega com pouca pressão, fazendo muita diferença no inverno.

 

As Repúblicas são a melhor opção para se conhecer pessoas, mas lembre-se que é necessário dividir cozinha e banheiros, algumas tendo mais bagunça e festas que outras.

 

Junto comigo veio também o Daniel, e como aqui em Coimbra, a maioria das Repúblicas abriga só rapazes ou só moças, tivemos dificuldade em achar um lugar que poderia abrigar nós dois. Existem Repúblicas mistas, mas são poucas.

 

Para fazer ligações ao Brasil, o que sai mais barato é comprar o Brasil Card, custa 5,00 euros e dá para falar bastante, à noite é mais barato. Ainda resta a opção de comprar um telemóvel (celular), as lojas vendem até aparelhos usados, e um novo de modelo simples custa 70,00 euros, dando para usar no Brasil, pois funciona com chip. O celular acaba sendo muito útil, a maioria dos intercambistas acaba comprando, é o único meio de você achar as pessoas.

 

Aqui existe um espaço onde você pode utilizar a internet por meia hora, sem pagar nada, fica na Rua Ferreira Borges, é da Câmara Municipal de Coimbra, é só levar o passaporte.

 

Os produtos de higiene pessoal são muito caros, por isso é bom trazer tudo aí do Brasil, ocupa muito lugar na mala, mas compensa. Aos finais de semana, Coimbra fica vazia, todos vão para suas casas, nem carros passam nas ruas, então é interessante conhecer outras cidades de Portugal, é tudo muito perto, e não sai caro, dá para ir de comboio (trem),ou de autocarro (ônibus), mas antes de sair procure se informar qual dos dois tipos de transportes te deixa mais perto do local que você vai visitar, normalmente são os ônibus, pois às vezes as estações de comboio são um pouco afastadas dos lugares turísticos, ai você tem que pegar outro ônibus, ou andar bastante, não pode deixar de visitar o Santuário de Fátima, é muito bonito, e nesse caso é melhor ir de ônibus.