2012/2013 - Guilherme Martinez S. Pucci - Arquitetura

-

Fiz um ano de intercâmbio (temporada 2012/2013) aqui em Florença, Itália.
A decisão de passar esse ano fora foi puramente no impulso, decidi que seria uma experiência de crescimento e aprendizado e realmente foi! Quer uma dica? Pense menos e aja mais.
A escolha da Itália foi bem fácil, eu já sabia um pouco da língua e como uma grande parte dos paulistanos (bem como meu sobrenome revela) tenho raízes naquela terra. Posteriormente tive que escolher entre Florença e Milão. Sempre escutei pessoas falando que Milão era muito parecido com São Paulo e a verdade é que o intercâmbio é uma ótima oportunidade de mudar de ares, isso aliado ao fato da Universidade em Milão ser mais técnica fizeram eu decidir por morar no berço do renascimento por 1 ano.

-

SOBRE O VISTO:
Tirar o visto é uma atividade burocrática mais simples. É só você ver a relação de documentos que você precisa levar ao Consulado, juntar esses documentos e agendar um horário. Entre as exigências estão um seguro saúde, passagens de ida e volta, e também um "comprovante de renda" para cada mês que você vai passar no país. A partir da primeira visita onde entreguei todos os documentos o processo demorou cerca de 20 dias.

-

SOBRE A FACULDADE: Não crie expectativas. A faculdade tem uma metodologia totalmente diferente do que nós brasileiros estamos acostumados. O número de disciplinas cursadas por semestre é bem baixo, e o sistema de avaliação de algumas matérias é oral. As aulas são bem maçantes e chegam a durar até 5h com pequenos intervalos, muitas vezes não havia lugares na sala e não se espante ao encontrar pilares no meio da mesma. As pessoas da faculdade não são muito receptivas dentro das salas de aula, mas nada grave e fora do normal, fora dela são mais receptivos (se comparados com outros países europeus). Compreender as aulas é muito tranquilo, o italiano é fácil de aprender e mesmo que você saiba muito pouco vai se sair bem. A língua realmente não foi um problema para mim e tenho certeza que não será para você.
Fazer a matricula, bem como muitas outras coisas na Itália, foi um parto. Esteja preparado para a burocracia e traga uma dose de paciência extra do Brasil. Verdade que nós fomos bem treinados, mas mesmo assim vale a pena avisar. Minha matricula por exemplo só foi feita após 4 visitas ao escritório internacional (meio de novembro), sendo que em uma delas eu fui avisado que o convênio Mackenzie - UNIFI havia vencido por desleixo da Universidade de Florença.

-
Fora esses pequenos problemas os professores vão te tratar como um ERASMUS e serão verdadeiras mães. Senti uma exigência infinitamente menor de nós por não sermos parte oficial da faculdade, em alguns casos professores até se ofereceram para simplesmente assinar qualquer documento de aprovação que fosse necessário. Eles possuem alguns professores muito renomados principalmente na área de restauro e paisagismo, mesmo assim as aulas não são tão interessantes quanto pareciam. A Itália também tem uma tradição de aulas não presenciais, muitas vezes os próprios professores faltam e muitas matérias são baseadas apenas no exame final que, caso não seja uma matéria projetual, será oral. A verdade é que a faculdade é uma bagunça, nossas opções foram lançadas apenas 1 semana antes do início das aulas e em ambos os semestres a 1a semana foi adiada por problemas.

-
Na faculdade você provavelmente vai fazer grupo com outros alunos intercambistas, os italianos de Florença são fechados em relação a este tópico mas o lado bom é que você vai conhecer pessoas de todos os países (inclusive italianos não florentinos) e com certeza vai aproveitar e aprender tanto quanto ou mais do que se fizesse grupo com os locais.

-

SOBRE A ITÁLIA: A Itália é maravilhosa, você com certeza vai arrumar muito o que fazer aqui, cidades lindas e muita história é o que não falta, as pessoas são legais e o clima do país é muito agradável. Infelizmente peguei um ano atípico em que Florença mais parecia Londres (chovia todo dia) porém meus amigos juraram que apesar de chover bastante essa temporada foi especialmente chuvosa. O inverno, portanto, foi um pouco mais apertado e passamos bons meses com uma média de 2°C, mesmo assim não nevou na cidade. Poderia dar mil dicas de pontos turísticos, mas nenhuma cidade na Itália é tão bonita quanto Roma, aproveite a proximidade e os ótimos preços no site na Trenitalia (compre sempre no Site) e vá para lá quantas vezes puder.

-

SOBRE CUSTOS:
Aqui em Florença eu morei numa residência universitária, dividia meu quarto com um Siciliano, o preço era um pouco acima do normal, mas ainda assim ótimo uma vez que incluía uma faxina semanal com troca de toalhas e roupa de cama. Mesmo assim você pode encontrar apartamentos mais baratos, maiores e mais bem localizados caso procure.
Andar de ônibus é muito fácil, apesar dele não circular 24h. Existe o passe mensal que custa 23 euros, além disso uma bicicleta é uma ótima opção.

-

Florença é uma cidade muito turística por isso possuí um custo de vida um pouco acima do padrão italiano, mesmo assim cerca de 700 euros mensais são o suficiente para morar, comer e sair com certa frequência. Caso queira viajar as coisas mudam, viajar pela Europa é fácil, mas não é tão barato quanto eu sempre escutei. Fora que o destino também é fator principal na hora de fazer essa conta, ir para Londres ou Paris é uma coisa, visitar Madrid e Berlim é outra completamente diferente. Com uma viagem legal por mês você pode gastar uns 1000 euros mensais, ser muito feliz e não passar fome.

-

CONCLUSÃO: Você vai aproveitar muito o seu intercâmbio, muitos dizem que é a melhor época da sua vida, eu particularmente acho muito ruim pensar que o melhor já passou, mas com certeza foi um período ótimo. A Itália é um ótimo lugar para viver e possuí inúmeras semelhanças com o Brasil, tanto que muitas vezes você esquece que está em um país europeu, acho que ela possuiu uma ótima equação entre civilidade européia e bagunça brasileira. Porém a faculdade ficou muito aquém das expectativas, sinceramente se tivesse a chance de optar novamente procuraria outra faculdade mais madura.
Acho que é isso, qualquer dúvida, comentário; caso queira conversar, entrar em contato, qualquer coisa mesmo é só me mandar um e-mail que eu estou de prontidão para ajudar.

-

guimsp@msn.com


A foto sou eu no estádio municipal utilizado pela Fiorentina, foi um ótimo hobby quinzenal que ajudava a matar as saudades nos domingos.