2007 - André Michaelis Buelau - Arquitetura e Urbanismo

-

Vou tentar passar um pouco da experiência que tive até agora.

 

Passei um bom tempo pesquisando faculdades e opções de intercâmbio. A Espanha, de início, me interessou muito, tanto pela cultura quanto pela língua que eu anteriormente já pensava em estudar. Depois de pesquisar bastante o perfil das Universidades com as quais o Mackenzie tem convênio, optei pela Politécnica de Madrid, por saber que é muito boa em disciplinas relacionadas a Projeto e Estrutura.

 

Bom, não tive muitos problemas em relação a documentos e visto, pois tenho passaporte europeu, mas sei que é bem burocrático e estressante, mas no final todos conseguem. Passagem de estudante, cartões e dicas em relação aos vôos, eu aconselho a ir em qualquer agência de viagens que eles explicam tudo direitinho.

 

Chegando em Madrid, hospedei-me em um albergue enquanto procurava algum lugar para morar, já adianto que não é nada fácil. Foram dias no telefone e muitas visitas a lugares realmente ruins até achar o apartamento que estou agora. Estou dividindo um apartamento com um belga, um suíço e uma brasileira. Mas também, no final, todos acabam encontrando uma coisa boa por um preço acessível. Foi muito bom chegar antes das aulas começarem, é a melhor coisa a fazer, assim você tem tempo para se organizar e conhecer um pouco da cidade.

 

Depois de duas semanas aqui, fui fazer a matrícula na Faculdade e peguei uma fila enorme, tão grande que não consegui me matricular no primeiro dia, tive que voltar no dia seguinte. Acabei me matriculando em três matérias: Proyecto VIII, Dibujos Avanzados e Barrios Habitables y Calidad de vida. São muito interessantes. Percebi uma certa aversão a estudantes estrangeiros em determinadas disciplinas, alguns professores são meio chatos com isso. Não tive problemas em relação à língua apesar de ter um nível intermediário de espanhol. A Faculdade é bem puxada, sempre com muitos trabalhos para fazer, mas nada de impossível, dedicando-se, consegue-se levar tranqüilo. A recepção tanto pela Universidade como pelos alunos tem sido boa. Tem muitos alunos intercambistas estudando aqui, então acabei conhecendo bastante gente de muitos lugares do mundo.

 

O clima aqui é extremamente seco, e quando cheguei (19 Agosto) estava muito quente, cerca de 35 graus Celsius. Mas agora (8 Outubro), pouco a pouco já está começando a esfriar, mas acho que não passa de 0 grau Celsius. Em relação aos gastos, creio que estou gastando algo em torno de 650 euros por mês. Os gastos principais são em moradia, que gasto 300 €, e em alimentação, 200 €, depois tem os outros gastos como transporte, que gasto uns 30 €, materiais para faculdade, 20 €, e celular, 20 €, daí sobra uns 80 € que eu acabo gastando em algumas coisa para a casa, em bares e lazer. Mas essa relação de gastos é uma coisa muito pessoal, cada um acaba gastando um valor.

 

Estou muito satisfeito com a escolha que fiz. Madrid é uma cidade maravilhosa, possui um sistema de transporte público muito bom o que proporciona uma liberdade incrível. A Faculdade também me impressionou muito, apesar de ter um clima meio sério.

 

Bom, é isso, se alguém tiver alguma dúvida pode entrar em contato comigo que eu tento ajudar no que for possível.

Andre Michaelis Buelau