UPM realiza o I Congresso Internacional de Fashion Law – Mackenzie

01/11/2017

Alunos Geral


O evento discutiu a relação entre a indústria da moda e o direito

A estilista Martha Medeiros ministra palestra

Durante os dias 30 e 31 de outubro, a Universidade Presbiteriana Mackenzie sediou o I Congresso Internacional de Fashion Law – Mackenzie. O evento foi organizado pelo Grupo de Estudos “Princípios de Direito Contratual”, coordenado pela professora Renata Domingues Balbino Munhoz Soares, que há 10 anos estuda temas do Direito Privado e sua relação com Direito Público.

O congresso faz parte da nova área de pesquisa do grupo: a relação do Direito e a Indústria da Moda, numa abordagem estritamente acadêmica. O tema tem despertado interesse na comunidade acadêmica em razão de movimentar cerca de US$ 2,4 trilhões (McKinsey & Company) na cadeia produtiva mundial, o que exige uma atuação dinâmica do Direito para proteger e regulamentar as relações e interesses do setor.

O primeiro dia de evento foi marcado pela palestra da renomada estilista e empresária alagoana, Martha Medeiros, criadora do Projeto “Olhar do Sertão”, do Instituto Martha Medeiros, que tem o intuito de levar assistência social para o sertão nordestino, mediante o trabalho com rendeiras brasileiras. Além de contar sua história, Martha reiterou a importância de se discutir o tema, lembrando que em algumas situações precisaria de um advogado especialista em Fashio Law e não encontrou. “Hoje nós não temos esse profissional. Para atender a nossa marca, por exemplo, temos uns quatro advogados diferentes: um faz marcas e patentes, outro cuida dos acionistas, outro de contratos. É muito importante que você tenha um advogado que tenha a visão geral.  Esse assunto deveria ser mais tratado dentro e fora da universidade, deveria haver escritórios especializados no assunto e que fizessem tudo que uma empresa de moda precisa”, ressaltou a estilista.

No mesmo dia, foram apresentados uma série de trabalhos acadêmicos selecionados por uma Comissão Científica formada pelos professores Renata Soares, Michelle Asato Junqueira, João Bosco Coelho Pasin e Maria Edelvacy Pinto Marinho. Além disso, houveram sessões de autógrafos dos livros já publicados pelo Grupo de Estudo: “Novos rumos do direito contratual” e “Direito e Casos reais, cinema, literatura e música”, e pela sua coordenadora “A boa-fé objetiva e o inadimplemento do contrato. Doutrina e Jurisprudência”