Atleta da NFL visita o Mackenzie

24/07/2017

Geral Alunos


Na última quinta-feira, 20 de julho, o mackenzista Cairo Fernandes Santos, primeiro brasileiro a integrar a National Football League (NFL), liga de futebol americano dos Estados Unidos, veio ao Mackenzie para uma palestra.

 

Na plateia, se destacavam os integrantes do time de futebol americano da universidade, o Mohawks. O evento, inclusive, foi mediado por dois deles. Cairo, que começou jogando futebol de salão, contou aos atletas sua história e como foi parar no futebol americano. Em 2007, ele deixou o Colégio Presbiteriano Mackenzie Brasília para estudar um ano de high school na cidade de St. Augustine, no estado da Flórida, com interesse em jogar futebol de salão ou campo. Logo perceberam que o atleta tinha um chute próprio de grandes chutadores do futebol americano e foi convidado a participar do time principal da escola onde estudava, lembrou o kicker do Kansas City Chiefs. Ao se formar, Cairo conseguiu uma bolsa na universidade e, segundo ele, só partiu para uma equipe profissional após se formar. “Ganhei uma bolsa pra universidade e só entrei no profissional depois que eu me formei na faculdade porque eu sabia que as chances de chegar ao profissionalismo são bem difíceis e eu não quis colocar todas as minhas fichas nesse sonho. Sabia que pela educação eu teria oportunidades, ela seria meu maior pote de ouro”, afirmou.

 

Nomeado embaixador NFL no Brasil, esse é o segundo ano em que Cairo vem ao Mackenzie a fim de divulgar o esporte em seu país natal. A cada visita o grupo só aumenta. “Todos os anos eu percebo que o esporte cresceu, a popularidade, a organização e as condições estruturais dentro do país. Acho que é o sonho de muita gente que esse esporte seja profissionalizado por aqui e eu espero poder popularizar ainda mais”, disse Cairo. Segundo o coordenador de marketing do Mackenzie, Vladimir Cruz, é preciso incentivar nossas modalidades. “O esporte está em nosso DNA, e nos preocupamos com essa prática desde o colégio, passando pela universidade e até patrocínios. Tentamos resgatar esse valor na educação, unindo o esporte e a educação”, afirmou.                                               

 

Entre os alunos da plateia estava Lucas Pela, da Engenharia Civil, kicker do Mohawks e fã de Cairo. “Hoje em dia ele representa muito para a gente. Ver o único brasileiro na NFL ser da minha posição com certeza é quem eu enxergo e tenho como referência.  A palestra foi muito legal, só de saber como é sua rotina e ouvir das suas experiências, foi ótimo. Vai ser muito bom para o nosso time e essa visita ajuda a consolidar o esporte. Nós formamos nosso time, mas tem gente que não conhece direito e quando vem alguém de fora falar ajuda na divulgação do time, a dar mais visibilidade e precisamos desse apoio.                       

 

Sobre a Mackenzie Mohawks:

 

O time de futebol americano categoria flag football da Universidade, o Mohawks, surgiu em 2014 da iniciativa de três alunos apaixonados pelo esporte. Juntos montaram a equipe com o apoio do setor de esporte e atléticas. "Em 2014 fizemos nossa primeira seletiva e de lá para cá o time só vem crescendo", conta Lucas Schon, um dos fundadores do time. Com o vermelho e branco estampado no uniforme, os jogadores participam de competições como o Campeonato Universitário de Futebol Americano e Campeonato Paulista, que acontecem ao longo do ano.

 

Não há restrição de curso para fazer parte do time. Todo início de semestre uma seletiva é feita para recrutar novos jogadores.  Os treinos acontecem às quintas-feiras, às 19h30, nas quadras externas do campus Higienópolis; e aos domingos, às 8h, no Parque Villa Lobos.

 

Acompanhe a página do Mackenzie Mohawks no facebook e saiba quando os jogos acontecem.